Especial Parodius EXTRA: Otomedius (Parte 1 de 3)

h_hg101

logo

Introdução

Por Kurt Kalata – 28 de Novembro de 2011

De um ponto de vista temático, o panorama dos jogos de tiro do começo do século 21 varia bastante dos anos anteriores. Nos anos 80 e 90, a vasta maioria do jogos do gênero você pilotava espaçonaves, voando pelo espaço, atirando em vilões espaciais. Em algum momento no meio dos anos 2000, o gênero começou a variar artisticamente, indo da ficção científica para outros temas. Uma das jogadas mais populares de se usar para substituir as velhas e chatas naves espaciais era trocá-la por uma garota gostosa, e só. Difícil dizer o que popularizou isso, mas é muito provável a influência do Touhou Project e outros jogos doujin do estilo, que juntavam esta estética visual de meninas de anime com uma mecânica de tiros hardcore. Isso pode ser visto em inúmeros jogos desta época, incluindo o Mushihime-sama e Ibara (ambos da Cave), Triggerheart Exelica, da Warashi, e a série Otomedius, da Konami. The nome é um jogo de palavras com a palavra japonesa “otome”, que significa “garota jovem” e, é claro, Gradius.

Historicamente, a Konami tem tido mais diversidade em seus jogos de tiro, em comparação com outras empresas. Apesar da maioria de seus jogos seguirem os moldes padrão, incluindo Gradius, um dos precursores modernos do gênero, eles jogaram bastante com a estética, lançando Twinbee, muito conhecido como o primeiro jogo de tiro fofinho lançado, assim como Parodius, que pega as idéias principais de Gradius e as apresenta de forma extremamente cômica. Otomedius segue a linha “moe” do anime e mangá do começo dos anos 2000, com histórias cheias de garotinhas bonitas, e coloca isso num jogo de tiro.

A maior diferença entre Otomedius e os outros jogos de tiro do mesmo estilo está em como as garotas estão integradas no jogo. O Japão já é bem conhecido como a “terra da coisas fofinhas”, sendo o berço de franquias como Hello Kitty, entre outros. Há ainda uma moda mais recente de se antropomorfizar praticamente tudo que se pode imaginar, desde os sistemas operacionais Windows (N. do T.: e modelos de MSX) à caças da Segunda Guerra Mundial e robôes gigantes, estes últimos chamados de “mecha musume” ou “mecha girls”. As garotas de Otomedius pilotam suas resepctivas naves, chamadas de “Riding Vipers” or RVs, vestindo-as em torno de suas cinturas, o que parece muito bizarro mas dá ênfase nessa caracterização. As naves em si são baseadas em várias franquias clássicas da Konami, incluindo a Vic Viper e Lord British do Gradius e Salamander, a Flintlock do XEXEX, entre outras, e o character design é por conta de Mine Yoshizaki, famoso pelo mangá Sgt. Frog/Keroro Gunsou, mas que já trabalhou com a Konami no passado, em Detana! Twinbee.

otomedius-12

Otomedius

Os resultados são, como a maioria das coisas associadas ao fenômeno “moe”, um pouco embaraçosos. As garotas vestes roupas ridículas, que flertam cm uma variedade de fetiches populares, e tem seios tão grandes que quase caem para fora de seus uniformes, ou são simplesmente desenhadas como garotas de colégio. Apesar de brilhante e atraente por sem bem colorido, acaba afastando aqueles que estão fora da audiência “otaku”. Além do mais, muitos outros jogos de tiro que também tem seu design bastante sexualizado, como os jogos da Cave Mushihime-sama, Deathsmilies, Ibara, e os da série Touhou, tem as mecânicas básicas suficientemente fortes para que se torne possível se ver além do seu exterior. os jogos da série Otomedius, que são dois, não são horríveis, mas um pouco abaixo da qualidade apresentada pelos jogos da Konami nos anos 90, fazendo eles parecerem um pouco apelativos.

otomediusx-2

Otomedius Excellent

Otomedius original foi lançado nos fliperamas em 2007. Uma versão para Xbox 360 foi lançada apenas no Japão em 2008, sob o nome Otomedius Gorgeous, que inclui uma versão do jogo arcade, juntamente com um novo modo “Gorgeous”, especialmente balanceado para o console. O segundo jogo é o Otomedius Excellent, também para o Xbox 360, que teve a sorte de ser lançado nos EUA em 2011.

otomediusx-16

Otomedius Excellent

Em Breve: Otomedius G!

2 comentários sobre “Especial Parodius EXTRA: Otomedius (Parte 1 de 3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s