Do Outro Lado da Cerca: Crystalis – Parte 2 de 2

h_hg101

crystalis

Confira a Parte 1 AQUI!

Por Robert Greene – 3 de Maio de 2006

Crystalis / God Slayer: Haruka Tenkū no Sonata (ゴッド・スレイヤー はるか天空のソナタ) – Game Boy Color, 2000

crystalisgbc

Capa do GBC

Apesar do Crystalis ter conseguido muitos fãs entre os mais dedicados jogadores de NES, ele nunca alcançou o mesmo sucesso que outras franquias no console da Nintendo. SNK nunca viu necessidade de fazer uma continuação. É estranho como eles insistem em colocar personagens de jogos horríveis como Psycho Solider e Athena nos jogos The King of Fighters, mas completamente ignoram qualquer coisa vinda do Crystalis (Athena e Kensou fazem participações como um dos quatro guerreiros no Crystalis, mas seus nomes foram traduzidos como “Asina” e “Kensu”). Entretanto, Crystalis deve ter conseguido muitos fãs entre os funcionários da Nintendo, que fez uma versão do jogo para o Game Boy Color em 2000.

Esta versão foi feita pela Nintendo Software Technology (“NST”), um estúdio americano que também fez o Bionic Commando: Elite Forces. Apesar de ficar óbvio que o time tinha grande respeito pelo jogo original, eles não o manejaram de forma apropriada, então muitos fãs consideram o consideram um jogo inferior. A maior diferença é mudança de resolução – a tela é muito menor, logo sua visibilidade é muito menor e apertada. A música é completamente diferente, e muito pior. Novas cenas foram adicionadas no prólogo em no fim do jogo, mas a arte é questionável. Mas o maior pecado é que eles cortaram o elemento mais único e surpreendente elemento do enredo, que o diferenciada da maioria dos jogos de RPG da época.

67258-Crystalis_(USA)-3-thumb

Crystalis

Ambas as versões se passam num futuro pós-apocalíptico one a magia ergueu-se, substituindo a tecnologia. na versão para NES, a torre é uma antiga arma usada para julgar a humanidade e verificar se ela progrediu depois das guerras que quase a extiguiu em eras passadas. Mesia e o herói eram cientistas que ajudaram no design da torre antes de serem congelados criogenicamente, e foram encarregados de tomar a decisão final se ela deveria ser ou não usada, baseada em como a humanidade evoluiu desde o último desastre. Naturalmente, o Império a quer para os seus próprios propósitos de dominação mundial, fazendo disso uma corrida pelo controle da torre.

Ao invés disso, na versão para GBC, a torre se tornou meramente uma super-arma do Império Draygoniano, optando por um tema mais “bem  vs. mal” de rebeldes usuários de magia contra um império baseado em tecnologia, como a maioria dos enredos cliché dos outros RPGs por aí. O herói e Mesia acabam sendo “magos-guerreiros” da profecia mandados para enfrentar a combinação mortal de magia e “tecnologia proibida” do Império para restaurar a esperança num futuro de paz baseado em magia.

crystalis_gbc_screenshot3

Crystalis

Mas nem todas as mudanças foram ruins. os inimigos não são mais imunes à espadas diferentes, então não há a necessidade de se ficar trocando entre elas. Existem alguns itens novos, nomes re-traduzidos, e um labirinto extra completamente novo no fim, expandindo sobre o layout da torre final. A fase final agora é mais um labirinto do que uma série de combates. A ordem de alguns chefes foi alterada (apenas os dois últimos – o CPU central da torre, originalmente o chefe final, se tornou o penúltimo chefe no lugar do Imperador, que agora é o chefe final). A Nintendo insistiu nisso porque a SNK não havia finalizado o jogo original, e a Nintendo simplesmente executou a visão do que o jogo deveria ser.

No fim das contas, ambas as versões de Crystalis valem à pena de serem jogadas, mesmo com a versão para NES ser mais satisfatória em termos de história, e imagino, em experiência de jogo como um todo.

hqdefault (1)

Crystalis

Links

1up – Console vs Handheld Uma comparação entre as duas versões.
Gam Cola – Crystalis: NES vs. GBC Mais comparações.

Galeria

 

Introdução do Jogo

 

 Vídeos

E Uma Surpresa!

Cr_test_01

Um fã fez um remake do jogo para PC usando o RPG Maker, confira!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s