Especial Puyo Puyo – Parte 1: Introdução

hg101trans

arcade-11-e1508556203648

Por Kurt Kalata – 2004/2005

Sabe, eu simplesmente não gosto de Tetris.

Não que Tetris seja um jogo RUIM, por assim dizer. É que você só… empilha blocos e os faz desaparecer até que o jogo fique rápido demais para você conseguir acompanhar. Eu suponho que isso é um jogo genial, mas é o que equivalente em vídeogame à ouvir rádio “easy listening”. Claro, você pode tentar fazer um high score, mas não leva à lugar nenhum – é apenas uma boa forma de gastar cinto minutos, no máximo. Mas para maioria das pessoas – principalmente quem não é gamer – Tetris se tornou um dos jogos mais viciantes do planeta. E onde há uma boa idéia, há sempre gente querendo ganhar com isso.

puyo2-arcade6

Puyo Puyo 2 (Arcade)

A Nintendo veio com o Mario, a SEGA tnha o Columns, e até alguns spinoffs mal-concebidos dos publishers originais, como WelltrisWordtris e Hatris. E mesmo assim, o melhor destes clones veio da empresa japonesa Compile – Puyo Puyo. Gotas coloridas caem do topo da tela, e você tem que combinar quatro delas para fazê-las desaparecer. Isto em si não é nada de mais.

A grande atração do Puyo Puyo foi que ele transformou todo o gênero de jogos de blocos em algo competitivo (ok, o arcade do Tetris tinha um modo de dois jogadores, mas não era muito bom). Você compete contra outro jogador, alguém que recebe as mesmas peças que você e tenta fazer coisas mais inteligentes com elas. Quando você combina quatro destas gotas da mesma cor, eles desaparecem. Todas as gotas acima caem, potencialmente eliminando mais gotas. A pegadinha é que quando você faz combos, gotas cinza de lixo caem na tela do oponente, atrapalhando quaisquer planos que tinha em mente. Naturalmente, quanto maior o combo, mais você inunda a tela do outro jogador com peças inúteis. Logo, ao invés de simplesmente tentar sobreviver, você fica tentando pesar mais rápido e melhor que o seu oponente.

puyo-arcade4

Puyo Puyo (Arcade)

Em Tetris, eliminar quanto linhas de uma só vez era algo que só servia para você se gabar da sua habilidade de manobrar blocos, e conseguir mais alguns pontos. Isso é um luxo do qual você não pode se dispor em Puyo Puyo – se você só eliminar uma combinação de cada vez, você vai sere destruído, e bem rápido. Toda da diversão de Puyo Puyo vêm de pensar indiretamente, agrupando potenciais combos, planejamento futuro, e fazer as coisas o mais rápido possível, antes que seu oponente estrague o que você planejou.

Mesmo que você que você seja habilidoso, você não pode só criar um combo e parar por aí. Essas gotas de lixo desaparecem se um combo é formado adjacente à elas, mandando-as de volta para o seu lado. Se o seu oponente for rápido suficiente, ele pode contra-atacar, alterando o curso da partida. Com isso você está sempre pisando em ovos, criando novos combos para se defender dos ataques que o seu oponente por acabar mandando para o seu lado. A cada jogo eles vão ficando cada vez mais refinados, para evitar que se destrua um oponente com uma ou duas jogadas, mas ser rápido e esperto ainda é o jeito mais garantido.

puyo2-genesis2

Puyo Puyo (Mega Drive)

Apesar de ter sido lançado originalmente para MSX e Famicom, Puyo Puyo ficou realmente popular quando chegou aos arcades e introduziu o jogo competitivo. Enormes campeonatos eram realizados de tempos em tempos no Japão. Por muito tempo, esta série era o que mantinha a Compile no mercado – vários spinoffs de Puyo Puyo foram criados para capitalizar em sua popularidade (enquanto alguns dos RPGs são bons, os outros… não). A SEGA distribuiu as versões arcade, logo seus consoles geralmente recebiam os jogos da série antes de qualquer outro sistema.

Percebendo que os jogos de puzzle mereciam mais personalidade, a Compile colocou os personagens de seus antigos jogos da série de RPG Madou Monogatari para PC-88 e MSX no jogo. A maioria deles tem grandes têm grandes desvios de personalidade, e tenho certeza de que se poderiam fazer ulas inteiras de psicologia só para determinar os seus problemas. Cada um deles também tem um jeito próprio de jogar, que você pode usar para derrotá-lo, se você prestar atenção na tela deles (ou ler o manual, que algumas vezes contam os seus métodos). Estes não são todos eles – existem bem mais de 60 em todos os jogos de Puyo Puyo – mas estes são os mais notáveis.

Personagens

Arle Nadja

arleA heroína do jogo, Arle é uma garotinha com poderes mágicos. Ela é na verade a única pessoa razoavelmente sã entre todos eles. Suas magias – “Fire!” e “Ice Storm!” (mais para “FAIYAA” e “EYE-SOO STO-MU”, com sotaque japonês) vão ficar gravados em sua memória se você jogar o suficiente.

Carbuncle

carbuncleEsse cretino ridiculamente alegre é o mascote dos jogos de Puyo Puyo. Conhecido como Car-kun, ele está sempre com Arle e tem a tendência de vagar em busca de aventura, o que cria várias situações bizarras. Sua função principal é ficar dançando em sua caixinha na área de jogo, estourar o balão que começa cada partida, e geralmente ser engraçadinho. Ele geralmente é também um personagem jogável secreto, e apesar de seu tamanho e fofura, pode disparar um baita de um laser pela sua testa.

Rulue

rulue-puyo-puyo-7-6.48Rulue é a maior rival de Arle, e é uma poderosa lutadora de artes marcias. Ela está perdidamente apaixonada por Satan, o que significa que ela faz praticamente tudo que ele mandar. A maioria destas ordens envolvem incomodar a Arle,  o que ela não tem problema algum em fazer, pois ela tem inveja de seus poderes mágicos. Seu servo é um enorme minotauro que age mais como um escravoceta do que como um guarda-costas violento.

Schezo Wegey

schezo-wegey-puyo-puyo-7-5.34Schezo gostaria de ser um grande espadachim, e ele conseguiria fingir isso muito bem, se não fosse o fato de que ele é um idiota bem pentelho. Como resultado, os oponentes de Schezo não o levam muito à sério, e ele acaba se tornando o motivo de riso.

Draco-Centaur

download (1)Uma mulher-dragão psicótica que deseja ser bonita, mas perde sua confiança quando está com outras garotas. Como resultado, ela tem uma tendência à desafiar agressivamente seus oponentes à concursos de beleza.

Seriri

seririSeriri é uma pequena sereia paranóica que não consegue fazer amigos, pois ela acha que todo mundo quer devorá-la. Isto porque a carne das sereias garante imortalidade – ou é o que ela acha, pelo menos.

Skeleton T

skeletonSendo geralmente o primeiro personagem que você enfrenta, Skeleton T não é lá muito inteligente. Ele é completamente obcecado por chá japonês, o que levanta muitas dúvidas, considerando que aparentemente ele não tem língua.

Kikimora

kikimoraUma empregada doméstica obsessiva-compulsiva que só se ocupa de três coisas: (1) limpeza; (2) ensinar os novatos como se virar em Puyo Puyo; (3) ficar fula da vida com pessoas que não prestam atenção nos seus tutoriais.

Suketoudara

suketoudara-puyo-puyo-tetris-9.18“Suketoudara” deve ser o equivalente para “Que diabos é ESSA COISA?”, o que deveria ser evidente – um peixe com braços e pernas sexys. Ele tem muito orgulho disso, e adora mostrar suas grandes habilidades de dançarino. Ele também é apaixonado pela Seriri.

Harpy

harpyEla não é a sua habitual mulher-pássaro da mitologia grega, mas sim uma anja com uma voz terrível para cantar. Se você estiver jogando uma versãos em dublagem, fique feliz, pois ela é ruim ASSIM. Até a musiquinha que tocam quando você a encontra é terrível.

Satan

satanO vilão principal, que tem interesse pelo Carbuncle, assim como por camisas havaianas. Já que o nome “Satan” tem uma relação com gente doida que sacrifica cabras, ele ficou conhecido como “Dark Prince” no ocidente.

Choppun

choppunEle é um cosplayer vestido de Arle que, apesar de cobrir seu rosto com um saco de papel, é mais provavelmente um velho pervertido. Você tem que dar o braço à torcer para um jogo com culhões de tirar sarro dos seus fãs mais fervorosos.

Nasu Grave

nasuUma berinjela falante que usa óculos. Ele braços e pernas curtinhos, sempre fala “Nasu” ao fim de cada sentença e tem medo de fica entre humanos, pois acha que querem comê-lo.

Mummy

mummyUma múmia que fala e não parece ser muito perigosa. Sua principal estratégia é tentar enrolar seus oponentes, mas já que ela precisa chegar perto, mas nunca toma a iniciativa, isso nunca dá certo.

Sukiyapodes

sukiaUm monstro do pé com cara de bebê – sim, isso existe mesmo. No primeiro jogo que ele aparece, seu no está traduzido erra, como Sukiyapotes. Sukiyapodes é a tradução correta.

Sasoriman

saoriUm homem-escorpião (e é exatamente o que o seu nome significa) que é muito tímido, mas nunca consegue deixar de sorrir. Ele na verdade é bastante educado toda vez que o encontra- mas nãp educado o suficiente para não te enfrentar.

Panotty

panoEle toca flauta e fica bravo com as pessoas que não gostam de sua música – já que ele toca flauta em todo jogo que aparece e ninguém entende a sua “genialidade”, ele tende a ficar MUITO bravo.

Zombie

zombieUm zumbi que por algum motivo adora heavy metal – ele toca guitarra em um jogo e é surpreendentemente bom nisso.

 

Witch

darkwitchUma bruxa hiperativa. Ela quer ser uma maga poderosa, e já que Arle é bastante poderosa, ela interfere em seu caminho várias vezes.

 

Zoh Diamoh

zohUm elefante indiano. Já que ele é um cara grande, ele costuma tremer o chão quando anda. Quando você joga contra ele, cada peça que ele abaixa cai fazendo um som surdo, um detalhe que é repetido em toda vez que ele aparece.

Incubus

incubusIncubus gosta de se imaginar como um conquistador entre as mulheres, mas ele é um fracasso em todos os sentidos. Ele gosta de apimentar suas falas com um inglês muito cômico, incluindo muitos palavrões.

 

O único problema do Puyo Puyo é o modo single player. Já que você luta contra oponentes de IA que são programadas para saber EXATAMENTE como criar os combos mais absurdos, enfrentar o poder do computador pode ser exasperante. Isso é especialmente verdade nos dois primeiros Puyo Puyos, que podem ficar absurdamente difíceis, bem rapidamente. Os jogos mais recentes te dão muito mais opções de como jogo, tornando-os mais acessíveis pra que não é tão crânio assim.

gameover

Puyo Puyo (Arcade)

Os jogos Puyo Puyo e Madou Monogatari são criações de uma cara besta chamado Moo Niitani, que aparece na foto abaixo, fazendo cosplay de Satan. Você quer ver jogos feitos por esse cara? A resposta é sim, você quer com toda a certeza.

moo

Moo Niitani

Então a maioria dos seus amigos que jogam puzzles preferem Super Puzzle Fighter II Turbo, certo? Grande coisa. Puyo Puyo não é apenas mais simples, mas muito mais divertido. Junte alguns bons jogadores habilidosos e ver os combos se encaixando – e os resultados devastadores no seu oponente – é uma das maiores alegrias de se dominar o vídeogame. Isso pode precisar de algum convencimento, mas junte algumas pessoas e pegue uma das versões de quatro jogadores e jogue um pouco de Minna de Puyo Puyo (Todo Mundo Puyo Puyo) para uma diversão insana.

Em Breve: Puyo Puyo para MSX e Famicom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s