Especial Puyo Puyo – Parte 3: Puyo Puyo (Arcade, Consoles e Computadores)

hg101trans

pplogo

Por  

Puyo Puyo (ぷよぷよ) / Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine / Kirby’s Avalanche / Kirby’s Ghost Trap – Arcade, Mega Drive, PC Engine CD, Game Gear, Super Famicom, PC-98, X68000, FM Towns, Game Boy, Macintosh, Windows, GameCube, PlayStation 2, Xbox, N-Gage, Mobile, PlayStation 3, Xbox 360, Wii, 3DS (1992)

Puyo Puyo se realizou por completo com a versão para os arcades, que foi desenvolvida em colaboração com a SEGA. Isso marcou o começo de um relacionamento entre as duas empresas, que teria um papel importante mais tarde. Quanto ao jogo em si, a única coisa afetada foi que os sistemas da SEGA passaram à ter prioridade nas versões para consoles domésticos, e estas versões era geralmente feitas com os sistemas na SEGA em mente (este jogo por exemplo rodava num hardware similar ao do Mega Drive).

arle

Arle

Arle, um dos personagens do original para MSX2, já estava na capa e na tela de título, mas agora ela era realmente a heroína com quem você joga. Com isso, esta versão tem um pouco de história: Arle aprende uma magia e pretende usá-la para derrotar um homem chamado. Não é um roteiro de Oscar, mas está ali só para fazer o jogo andar.

arcade-01

Arcade

Os personagens neste jogo tem várias peculiaridades, e suas animações são bem divertidas de se ver. Muitos deles aparecem nos jogos posteriores, também; é legal ver de quantas formas diferentes a Compile consegue explorar as suas características para criar diálogos engraçados.

arcade-08

Arcade

O modo arcade conta com três níveis de dificuldade. O modo easy coloca você contra três oponentes, num passo mais lento, perfeito para iniciantes. Na primeira fase, o jogo destaca os Puyos relevantes quando você tem a oportunidade de fazer uma combinação, mas ele tira essa colher de chá mais tarde. No modo normal é onde realmente se passa a história, colocando você contra um total de 13 oponentes. O modo “Difficult” é igual, mas começa direto na quarta fase do modo normal.

arcade-11

Arcade

O maior jogada deste jogo é que a velocidade com que os Puyos caem aumenta significantemente dentro de cada fase, fazendo com que o jogo fique bem difícil, e bem rápido, especialmente para novatos na série. Felizmente, há uma forma de facilitar o desafio – toda vez que você recebe um Game Over e continua (ao custo de um crédito, obviamente), a velocidade de queda diminui por algumas fases. Logo, jogadores mais inexperientes tem que gastar mais e mais dinheiro para que a máquina torne ao jogo mais fácil, o que é bastante justo se você não pensar muito à respeito.

arcade-14

Arcade

As versões domésticas do jogo são praticamente idêntica à versão arcade, mas tem alguns extras bem legais. Há um modo maratona (às vezes chamado de “endless” ou “exercise”, que é como o Puyo Puyo original, e é claro, modo separado de pois jogadores. Você também pode escolher entre as dificuldades easy, normal, hard, e “hardest”, o que não apenas torna mais fácil para novos jogadores começarem, mas também aumenta um pouco o replay value. Há também um modo de teste de botões, então se o jogador que estiver perdendo quiser culpar o controle, você pode fazer ele tirar a prova. As versões para PC-98 e Windows tem gráfico lindos, com alta resolução em tudo, exceto nos Puyos, algo bem estranho. Mas de todas as versões, a do PC Engine tem a melhor apresentação: os instrumentos da música são muito bons (mas a música durante o jogo ainda é tocada através do chip de som ao invés do áudio do CD), e cada fala da história é apresentada em voz, algo que é mantido em outras versões “high-end” dos jogos seguintes. A única diferença real é a paleta de cores levemente mais viva, o que, em algumas áreas abertas, tornam o fundo menos distinto da borda do poço.

arcade-25

Arcade

Puyo Puyo não é exatamente um jogo que demanda muito, tecnologicamente falando, logo ele só encontrou dificuldades no Game Boy. Já que a série conta muito com cores para se distinguir entre as peças, e há até cinco cores diferentes no total, colocá-lo num portátil que só pode mostrar tons de cinza parece uma escolha pouco natural. Para ajudar a diferenciar os Puyos, alguns tem tons mais claros ou escuros que outros, e todos tem formatos diferentes. Entretanto, várias destas formas são bem similares entre si, e como a tela do portátil é bem pequena, diferenciar os Puyos pode ser um grande desafio. É fácil de se confundir um Puyo com outro e estragar completamente um combo em que você está trabalhando. O jogo se move à uma velocidade menor que das versões anteriores, então as batalhas acabam parecendo se arrastar demais. A música e os efeitos sonoros também desapontam, com um grande problema: o efeito sonoro usado ao se mover o Puyo, por exemplo, é um som agudo e alto, e como ele acontece muito durante uma partida, é melhor jogar no mudo.

arcade-23

Arcade

As versões para Game Boy não são algo muito digno de nota, mas é importante salientar que elas acabaram por se tornar experiências exclusivas, adicionando várias inovações, aprendendo com os erros das versões anteriores. Esta versão em particular não adiciona nada ao jogo original e também é bem difícil de se jogar com destreza, logo você pode deixar esta passar tranquilamente.

gb-05

Game Boy

Em 2001, a SEGA publicou versões para telefones celulares em suas duas linhas de aplicativos, SEGA Ages e Sonic Cafe. Os aplicativos padrão só podiam ser jogados em modo solo, enquanto a versão para dois jogadores era vendida separadamente, chamada de Futari de Puyo Puyo. A versão “Yoko” no Sonic Cafe podia ser até jogada por dois jogadores num único telefone, com os campos de jogo colocados de lado, virados em direções opostas. Já que nenhuma delas tinha incluída um modo história, elas poderiam ser até consideradas versões do jogo do MSX2 game, se não fosse pela cara da Arle aparecendo do lado da tela. Em 2003, a SEGA finalmente lançou uma versão nova que reproduz fielmente o jogo do arcade, mas adaptado para a telinha menor.

Apesar do enorme sucesso de Tetris (e no geral de suas variações, assim como o Columns), levou um bom tempo para o Puyo Puyo sair do Japão. Havia uma versão em inglês para os arcades, mas recebeu uma distribuição bem esparsa. Esta versão continha samples de voz em inglês e mudanças de nomes em alguns personagens. Algumas destas mudanças eram tentativas de traduzí-los para o inglês –  Sukiyapotes virou “Small Foot”, por exemplo. Arle virou Silvana, Schezo virou “Devious”, Satan virou “Dark Prince” e Rulue virou Lulu.

robotnik-03

Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine

Em suas versões para console, SEGA e Nintendo decidiram colocar seus próprios mascotes em Puyo Puyo, tentando alcançar uma maior audiência. Os resultados foram Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine (para Mega Drive, Game Gear e Master System) e Kirby’s Avalanche (para SNES, ou Kirby’s Ghost Trap, na Europa e Japão).

Mean Bean Machine tinha um enredo absurdo onde o vilão cientista Robotnik estava tentando dominar Bean Town, ou algo igualmente ridículo. Os Puyos aqui era chamados de “beans” por algum motivo, com os “Nuisance Puyos” renomeados para “Beans Refugiados”. Seus oponentes eram os do desenho animado do Adventures of Sonic the Hedgehog, incluindo Grounder, Coconuts, Scratch, e o próprio Robotnik. Carbuncle ainda aparece, mas foi renomeado para “Has Bean”, alguém que era um bean mas foi transformado em um robô. Muitas das músicas vêm do Puyo Puyo original, mas usadas em lugares diferentes, com diferentes instrumentos, também. Também contava com um sistema de senhas, que era muito bem-vindo. A versão para Game Gear incluía fases do Nazo Puyo (em breve neste especial), e a versão para Mega Drive pode ser encontrada em várias compilações de jogos.

kirby-01

Kirby’s Avalanche

A versão para Super Famicom, chamada Super Puyo Puyo, foi publicada no Japão pela Banpresto. É praticamente uma conversão direta, mas devido à menor resolução do sistema, o divisor central teve que ser reduzido, o retrato do oponente agora aparece no seu campo de jogo, ao invés do centro da tela. Para o resto do mundo, a Nintendo e a HAL fizeram um esforço maior refazendo o visual e sons do jogo, pelo menos em comparação ao Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine, que era basicamente o mesmo jogo, apenas com cenas e oponentes diferentes. Aqui, todos os backgrounds e músicas são novos, além de contar com Kirby no papel que era desempenhado pelo Carbuncle.

puzlowkids

Game Gear

Uma coisa curiosa é que se você colocar o a versão japonesa para game Gear do Puyo Puyo num sistema não-japonês, ele muda para uma versão em inglês chamada Puzlow Kids. A tradução desta versão é a mesma das ROMs em inglês do arcade.

qwirks-480x360

Qwirks

Há outras duas versões ocidentais de Puyo Puyo lançadas por empresas diferentes. em 1995, a Spectrum Holobyte lançou uma versão para 3.1 chamada Qwirks. Os visuais são em SVGA, mas os Puyos são todos iguais, os oponentes são pássaros, insetos e outras coisas, rederizados em CG. A nova trilha sonora em MIDI é bem fraca, e o esquema de cor de fundo em roxo é feio. Estranhamente, o jogo é apresentado pelo criador de Tetris, Alexey Pajitnov, apesar dele não ter envolvimento na versão em si.

bugdrop-480x358

Bug Drop

A Disney Interactive lançou sua própria versão de Puyo Puyo para Windows 95 e Macintosh. Chamada de Timon & Pumbaa’s Bug Drop, o jogo conta com os personagens do Rei Leão, que narram a ação. Como o título sugere, os Puyos foram substituídos por insetos. Apesar dos bons gráficos, este é um jogo minimalista, com apenas modos para um e dois jogadores, sem variação dos cenários, e música chata. O jogo é creditado à uma empresa chamada 7th Level, mas no verso da caixa diz “Bug Drop Game system from Puyo Puyo copyright Compile”.

Apresentação dos Personagens

Comparativo de Fotos

mobile2003-228x240

Celular (2003)

Comparativo de Localizações

Vídeos

Em Breve: Puyo Puyo Tsu e Puyo Puyo SUN!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s