Eliminate Down (Shooters no Mega Drive)

ed_

HG101_logo_SMALLER

Por Nick Zverloff em 18 de novembro de 2011

ed

Eliminate Down (エリミネートダウン) – Mega Drive (1993)

eliminatedown

Capa Japonesa

Nomes como Konami, Irem e Toaplan dominam a discussão sobre os grandes desenvolvedores de shooters 16-bit, mas pouco se fala sobre a Aprinet. Isso se dá por que ela desenvolveu um único jogo, um jogo de baixo orçamento para Mega Drive com o nome pífio de Eliminate Down. Apesar de sua inexperiência, este é um jogo excelente que leva o console ao seu limite, com gráficos fantásticos e design inteligente.

Eliminate Down 01

Eliminate Down é o sucessor espiritual do Hellfire da Toaplan, sendo um shooter de ação lateral com diversas armas que podem ser trocadas em tempo real, cada uma mirando numa direção diferente. Hellfire tinha quatro, e Eliminate Down diminui isso para três: um tiro para frente, outro para trás e um tiro diagonal similar às bombas do Darius. Diferente de Thunder Force, por exemplo, estas armas estão sempre disponíveis sem a necessidade de powerups, e pode-se ciclar entre elas utilizando os botões A e C. Você também tem uma arma primária mais fraca, que sempre dispara não importando a arma que você tenha equipado.

Eliminate Down 02

Todas as armas são aprimoradas ao se coletar até cinco Ps. Você também pode coletar Es para aprimorar a arma principal, eventualmente a transformando num laser poderoso. Quando você morre, todas as armas diminuem um nível, enquanto sua arma principal volta à sua forma mais fraca. Mas seus Ps, não vão embora quando você morre, logo recuperar seu poder de fogo geralmente não é um grande problema.

Eliminate Down 03

O tiro dianteiro dispara lasers vermelhos e azuis e se torna mais largo à medida que é aprimorado. Com força total, ele dispara bolas gigantes, com bolas menores em volta, cobrindo uma grande área. O tiro vertical dispara torpedos em duas direções diagonais para frente, e disparam em forma de “X” quando aprimorada. Com força total, os torpedos se movem ao longo das superfícies, assim como as bombas do Gradius. O tiro traseiro dispara grandes triângulos amarelos. Com força total, ele dispara projéteis gigantes em forma de “Z”, que ricocheteiam nas pareces nas duas direções diagonais traseiras. O interessante é que seu tiro traseiro é muito mais largo que seu tiro dianteiro e é capaz de causar muito mais dano. Dominar estas armas e saber quando trocar entre elas é a chave para se sobreviver em Eliminate Down. Os inimigos vêm de todas as direções e geralmente tentam te perseguir.

Eliminate Down 04

Você também pode coletar Bs para criar uma barreira ao redor de sua nave. Esta barreira absorve cerca de três tiros antes de ficar vermelha, e mais três tiros antes de desaparecer. Você vai precisar destas chances à mais, pois Eliminate Down é bem difícil. As três primeiras fases são bem fáceis, mas assim que a quarta fase começa, o jogo começa a mostrar à que veio. As fases são repletas de inimigos, logo fica fácil estar cercado e os chefes são enormes, geralmente tomando mais da metade da tela, com a outra metade tomada por seus ataques. Geralmente há um sub-chefe por fase também, que às vezes é mais difícil do que o chefe da fase em si. Também existem armadilhas por toda a parte, obrigando a se memorizar certas fases para poder vencê-las. A tela rola bem rápido em algumas partes também. Felizmente, você renasce onde você morreu, não havendo aquela frustração de se voltar à um checkpoint e ter que passar por tudo de novo.

Eliminate Down 06

O destaque do Eliminate Down é o design de suas fases, muitas delas são únicas e contam com scroll em múltiplas direções. Estas fases mais vastas somam muito à “vibe” do jogo, já que elas testam suas habilidades com as várias armas do jogo. A primeira conta com o lançamento da sua nave, voando através da primeira frota de inimigos, e descendo na atmosfera de um planeta, enquanto enfrenta um ataque de mísseis, antes de finalmente chegar à uma superfície meio marciana e enfrentar o chefe.

Eliminate Down 05

A música é daquelas que você tem que curtir o som do chip FM para apreciar. Geralmente é um rock rápido e intenso, com uma música mais lenta a assustadora em certas lutas contra chefes. Os efeitos de sintetizador exagerados tendem à ficar cansativos, mas fora isso funciona muito bem.

Eliminate Down 07

Os gráficos durante todo o jogo impressionam bastante. À primeira vista não parecem muito diferentes dos shooters 16-bit tradicionais, mas para este padrão estão muito bem feitos, com sprites grandes e coloridas. Existem alguns efeitos de rotação – coisa rara no Mega Drive – assim como efeitos tri-dimensionais, como os drones do primeiro chefe, que se movem para longe e para perto da tela. Os chefes maiores são feitos com várias sprites menores juntas, para se conseguir uma animação melhor. Alguns designs lembram coisas de outros shooters – alguns designs e chefes parecem vindos do Gradius, alguns monstros biológicos são similares aos do R-Type e de seu irmão menos conhecido X-Multiply, e o hábito de se colocar rostos e caracterísiticas humanas em metal remetem ao Wings of War / Gynoug (também conhecido como o predecessor do Cho Aniki). E ainda sim, apesar de ser claramente inspirado por todos estes jogos, ele ainda sim tem sua identidade própria, devido ao talento de seus artistas e designers. Não dá pra se dizer que Eliminate Down é particularmente inovador, mas é tão bem construído que isso pouco importa.

Eliminate Down 08

Além do jogo principal, Eliminate Down também tem um minigame, mas está mais para um tech demo demonstrando as habilidades dos programadores em utilizar efeitos de rotação no Mega Drive. Você controla um cursor e tenta atirar nas naves quando elas estiverem girando. Elas param de girar tão rápido quando começam, enquanto o seu cursor se move mais lentamente, logo é mais difícil do que parece. À media que o tempo se acaba, tudo exceto seu cursor começa se mover mais rapidamente, e você precisa acompanhar. Apesar deste minigame não ser particularmente bom, é um lance bacana e até salva a sua pontuação.

Eliminate Down 09

Eliminate Down só foi lançado no Japão e na Coréia, mas não tem trava de região. Infelizmente é um dos jogos mais caros do Mega Drive, geralmente chegando à mais de 100 dólares por cartuchos pelados, e um tanto mais por cópias completas. A versão sul-coreana foi lançada pela Samsung ao invés da Soft Vision, mas não é diferente em nada da versão japonesa.

Mais Fotos

Vídeos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s