Especial Valis – Parte 11: Outros Jogos

 

HG101_logo_SMALLER

logo-valisj

Por Sam Derboo – 20 de abril de 2014

Jogos para Celular (2005/2007)

Dois jogos de Valis foram lançados para os celulares japoneses, feitos pela divisão da Bandai de redes móveis. Eles parecem ser outro remake dos dois primeiros episódios, mas as fotos mostram inimigos e e fases não então vistos em nenhum outro jogo da série. Ambos parecem oferecer uma grande variedade de roupas para a Yuko, e pelo menos no segundo jogo, elas parecem estar acompanhados de armas “apropriadas” – Yuko pode ser vista armada de uma motosserra quando usa um vestido de noiva, uma marreta gigante quando vestida de empregada doméstica e uma naginata quando usa kimono.

Valis X (ヴァリス) – Windows (2006)

valisx-cover-1a.jpg

Capa do Volume 1

Em 2004, a Telenet passou à pertencer ao portal de download de jogos adultos bb5.jp, e para tirar o máximo de proveito de sua nova aquisição, prostituíram suas franquias mais populares para a Eants, que é especializada em visual novels ecchi/hentai (adulto). Mas espere um pouco, quem sabe isso não é tão ruim quanto parece? Talvez eles tenham tido um pouco de respeito. Talvez seja uma narrativa bem feita, com cenas de sexo ocasionais, como em Yu-No. Talvez isso…

valisx-03a

Cinco minutos depois…

Não. Valis X (pronuncia-se “Valis Cross”) é uma nojeira de marca maior, cheia de pornô fetichista e misoginia. A série nunca foi muito puritana, mas um destino desses é demais pra engolir. Tecnicamente, ele condensa os eventos dos três primeiros jogos, mas a história foi alterada para que Cham e Valna pudessem aparecer deste o começo, para terem mais personagens disponíveis para objetificar e explorar. O jogo é dividido em cinco episódios, um para cada uma das personagens principais – Yuko, Reiko, Cham e Valna, e um eposódio final onde as quatro se juntam para um “gran finale”.

valisx-04a

Valis X (Windows)

Sendo uma visual novel, Valis X tem bastante espaço para diálogo e desenvolvimento dos personagens do que nos jogos de ação.mas é difícil de se aproveitar este aspecto do jogo quando uma próxima fantasia de estupro assustadora aguarda à cada instante. Os fãs da série devem se sentir agradecidos pelo segundo jogo de celular existir, nem que seja pelo simples motivo deste não ser o último jogo de toda a franquia Valis.

Mugen Senshi Valis (夢幻戦士ヴァリス) – Mangá (2007-2012)

Mesmo depois da Telenet ter fechado suas portas em 2007, Valis seguiu em frente – não como jogo, mas como uma minissérie em mangá de quatro volumes. Infelizmente, ela parece ter bebido um pouco da fonte de Valis X. Tudo agora é mais soft, mas com a mesma atitude misógina e um fetiche forte em sutiãs de metal.

valis-manga-samplea

Vol. 1

Aparentemente, já existia um mangá de Valis que havia sido lançado algum tempo depois que o primeiro jogo saiu, nos anos 80 – mas ele é tão obscuro que nem sua data de lançamento é conhecida.

Coleções

Desde 2009, a Sunsoft possui todas a propriedades intelectuais da Telenet, mas apesar deles terem anunciado planos para trazer seus jogos para o Virtual Console da Nintendo, apenas dois jogos foram lançados exclusivamente para a PSN, onde as versões para PC Engine de Valis I II estão disponíveis. O único lugar onde se pode adquirir o resto da série é na plataforma japonesa para PC Project EGG. Duas coleções também foram lançadas por eles. Valis Complete, de 2006, não era tão completa como afirmava ser, contendo apenas os quatro jogos para PC Engine, acompanhados de uma estátua em PVC da Yuko e alguns outros brindes. Em 2011, Valis Complete Plus adicionou Valis SD e Super Valis, além dois CDs de trilha sonora, mas ainda sim não conta com as versões para computador. Esta omissão é ainda mais estranha se considerarmos que todas estas versões estão disponíveis na loja online do Project EGG.

Uma compilação de um tipo diferente foi lançada pela Laser Soft ainda em 1993. A Valis Visual Collection não contém nenhum jogo, mas apenas todas as cutscenes das versões para PC Engine dos Valis II à IV – o remake do primeiro jogo está faltando, mas é por que ele foi desenvolvido pela Riot ao invés da Laser Soft.

valis2art

Vídeos

Fim do Especial Valis!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s