Steel Empire (Shooters no Mega Drive)

shooters_se

HG101_logo_SMALLER

Por 

se

Steel Empire / Kotetsu Teikoku (鋼鉄帝国) – Mega Drive / Game Boy Advance / 3DS / Windows (1992)

Os anos 90 foram a idade de ouro dos shooters, especialmente nos consoles 16-bit, onde jogos como Lords of Thunder eram considerados “killer apps”. Entretanto, apesar de haverem exceções, um grande número destes títulos sem caiu dentro dos temas militares e de ficção científica, e em um certo ponto muitos destes tenderam a misturar ambos os gêneros.

steelempire-gen1

Mega Drive

Steel Empire, desenvolvido pela Hot-B, foi um dos títulos que quebraram este padrão, se passando em um mundo steampunk. O design do mundo foi inspirado pelos trabalhos de Júlio Verne, assim como em animes clássicos, como Mirai Shounen Conan. Ao invés de naves, a maioria são biplanos ou dirigíveis; muitos inimigos são trens à vapor. No ano de 18XX, a maior parte do mundo é dominada por um império chamado Motorheads. A única nação livre restante é a República de Silverhead, que envia um único piloto solitário para destruir as forças de Motorhead. As telas de menu apresentam a história como se estivesse sendo exibida por um projetor antigo, com flickering, e imagens em tons de sépia. O fim do jogo leva a ambientação ainda mais longe, listando créditos falsos como se fosse um filme, baseado por um livro falso, escrito por escritor também falso, escrito no começo do século 19. Isso fica um pouco bizarro na última fase, que envia sua aeronave para o espaço, com a batalha final sendo travada na superfície da Lua.

steelempire-gen4

Mega Drive

Existem duas aeronaves: o Striker, um biplano, e o Z-01, um zeppelin. O biplano é mais ágil mas fraco; o balão é mais lento, com um hitbox, maior, mas mais poderoso. A arma pincipal é um canhão em rapid fire, mas aprendendo com o shooter anterior, o excelente Over Horizon para o Famicom, os desenvolvedores usaram botões diferentes para atirar para frente e para trás. O terceiro botão é usando para se lançar bombas que limpam a tela usando um ataque de raios.

steelempire-gen6

Mega Drive

Em alguns aspectos, Steel Empire parece um shooter europeu. As fases são longas e o terreno esparso. Os inimigos geralmente precisam levar vários tiros para morrer, até mesmo os inimigos menores, e suas aeronaves têm barras de energia relativamente grandes, ao invés de explodir com um único tiro. Os shooters europeus geralmente são desdenhados pelos fãs do gênero pois essa natureza de gameplay fácil leva à um design desleixado, onde pouco cuidado é colocado no balanceamento dos padrões de ataque dos inimigos, mas Steel Empire não sofre disso. Mas nem os inimigos e nem os padrões de disparo se tornam impossíveis. Na verdade, o jogo foi deliberadamente criado para iniciantes no gênero, logo é um jogo fácil. Mas algumas fases se arrastam em alguns pontos, e se leva cerca de 45 minutos para se terminar as sete fases do jogo.

steelempire-gen11

Mega Drive

Na primeira versão, para Mega Drive, seu poder de fogo começa no nível 1, e aumenta à cada 3 ícones P que você pegar, chegando ao máximo no nível 20. Você nunca perde seu nível de força, mesmo usando continues – na pior das hipóteses você perde os satélites de sua aeronave, que podem ser recuperadas facilmente. É um pouco estranho já que você começa tão fraco, logo você se sente bem fraco nas primeiras fases, mas o problema se dissipa à medida que você avança.

steelempire-gen12

Mega Drive

A versão para Game Boy Advance foi desenvolvida pela Starfish, e lançada apenas nos Japão e Europa. Enquanto muitas versões para jogos 16-bit geralmente reutilizam os mesmos gráficos, com pequenas alterações na paleta de cores, os gráficos aqui foram completamente redesenhados. Tanto as sprites como gráficos de fundo foram redesenhados e são mais detalhados, com camadas extras de parallax scrolling. Mesmo com a paleta de cores sendo mais brilhante para funcionar melhor nos GBAs sem iluminação de tela, ele ainda mantém seu visual sombrio. A música, como em muitas versões para GBA, é fraca e nada de mais.

steelempire-gba1

GBA

O design das fases e os padrões dos inimigos foram ajustadas para levar em conta a tela menor. Com isso, muitos dos chefes tiveram que ser redesenhados. Por exemplo, o trem do fim da primeira fase originalmente tinha um enorme canhão no seu último vagão, mas ele não existe na versão para o portátil. O último chefe é completamente diferente – a versão para Mega Drive tem uma nave pequena que utiliza vários ataques com fogo, enquanto a versão do GBA tem uma nave esférica, que é mais consistente com o resto dos chefes do jogo. Apesar dos esforços para re-equilibrar o jogo, ele ainda parece apertado, e acaba parecendo mais difícil que a sua versão para console.

O sistema de armas também foi re-equilibrado. O nível máximo de poder de fogo é 7, mas o número de ícones “P” necessários para o upgrade mudam em cada fase. Além disso, você perde um nível sempre que sua nave é destruída. De certa forma isso é um pouco melhor que no original, já que seus níveis mais baixos são mais poderosos que seus equivalentes da versão para Mega Drive, mas o fato de que você pode acabar chegando fraco demais nas última fases é algo que irrita.

steelempire-3ds0

3DS

A versão para 3DS foi feita pela Starfish, em conjunto com outro time de desenvolvimento chamado Mebius, e repesenta um meio-termo entre as duas versões anteriores. Ela foi mais tarde utilizada para criar a  versão para Windows. Os visuais são baseados na versão para GBA, mas tudo foi redesenhado em uma resolução mais alta, e o resultado final é fantástico. A área de jogo é muito maior, maior até que da versão do Mega Drive, já que a barra de status foi movida para o rodapé da tela.

steelempire-3ds2

3DS

Todos os chefes são baseados na veresão para GBA, entretanto o sistema de powerups volta ao modo persistente do Mega Drive. A música está um nível acima da versão para GBA, mas os samples de instrumentos são um tanto simplórios e não causam o impacto das faixas antigas em FM, mesmo que a suas composições sejam ainda muito boas.

steelempire-3ds8

3DS

Apesar da versão para 3DS ser a melhor versão de Steel Empire, ela é ainda uma versão bem crua, se comparada aos shooters mais modernos. Ela mantém seu progresso entre as fazes se você precisar desligar, e existe um “training mode” para se jogar uma fase novamente com o poder de fogo no máximo. Mas fora um sistema de achievements, nada mais foi adicionado. O jogo foi lançado nos EUA pela Teyon.

Independente da versão que você escolher, Steel Empire é um ótimo shooter, mesmo que seja apenas pela estética e pela música, no caso da versão para Mega Drive.

Links

Yoshinori Satake – Steel Empire, Over Horizon Interview Uma entrevista com um dos desenvolvedores.

Comparativo de Fotos

Primeiro Chefe:

Último Chefe:

Vídeos

Um comentário sobre “Steel Empire (Shooters no Mega Drive)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s