Star Trader (Mês do X68000)

mes_X68K

HG101_logo_SMALLER

Por

startrader1Star Trader (スタートレーダー) – PC-88, PC-98, X68000 (1989)

Às vezes é bem interessante quando uma empresa de jogos se aventura fora do seu nicho. Você se lembra quando a Square resolveu se diversificar dos RPGs um pouquinho? Claro, isso nos rendeu bobagens como The Bouncer, um jogo de lota para PS2, mas também nos rendeu o Einhänder, um excelente jogo de tiro para o o PS1. Lá no fim dos anos 80, a Falcom fez a mesma coisa – eles são bastante conhecidos por títulos como Ys e Dragon Slayer, mas saíram disso temporariamente para o gênero “shoot-em-up” com seu jogo Star Trader.

startraderpc88-1-480x298.png

PC-88

Inicialmente lançado para o PC-88, Star Trader combina elemento de um jogo adventure com segmentos em shoot-em-up. Na pele às da pilotagem Kain, você conhece uma garota chamada Lefi, que possui algum tipo de selo misterioso. Não faço idéia do resto da história, mas você deve viajar pela galáxia para desvendar quaisquer mistérios que precisam ser solucionados. Quando você chega nas estações espaciais,você recebe dinheiro, que pode ser utilizado para comprar novas armas para a sua nave.

Os segmentos no estilo adventure são bem lineares, e basicamente tudo que você pode fazer é falar com a sua nave ou com sua parceira, conferir a loja e escolher o seu próximo destino. Você raramente faz alguma exploração por conta própria (e geralmente recebe uma resposta como “não há motivo para ir para lá” se você tentar ir para sistemas estelares diferentes) mas o jogo em si não é completamente linear. Por exemplo, se você escolher aceitar um trabalho no começo do jogo, você começa indo para um sistema estelar completamente diferente. Você também acaba encontrando novos aliados e ocasionalmente pilotando outras naves diferentes. Considerando que a maioria dos jogos de nave só mostram os seus personagens nos vídeos de abertura e encerramento, a história e os diálogos presentes em Star Trader fazem o jogo se destacar num gênero que, no final dos anos 80, estava abarrotado de clones praticamente idênticos.

Mas o triste defeito do Star Trader é que os segmento de tiro de nave em si eram bem ruins, ruins mesmo.

startraderpc88-8

PC-88

Sempre que você entre estações espaciais, você joga uma fase de tiro. o PC-88 não é exatamente famoso pelos seus gráficos espetaculares, logo o scrolling é quadro a quadro, o que distrai bastante. Mas isso é o menor dos problemas – o problema maior são os inimigos, absurdamente agressivos. Eles vêm de todos os lados, se aviso, lançando uma chuva de tiros minúsculos, ou até se lançando direto em sua nave para um ataque kamikaze.

Existem vários momentos onde é praticamente impossível passar pelos segmentos sem ser atingido. Apesar de tecnicamente você poder levar bastante dano, não existe tempo de invencibilidade, logo acertar um objeto sólido praticamente destrói a sua nave no impacto. Suas armas quase inúteis também não ajudam muito. Uma vez que você termina um segmento, você não pode simplesmente pulá-lo se quiser voltar para a sua estação espacial de origem. Ao invés disso, você precisa passar pela mesma fase, só que agora movendo-se da direita para esquerda, te fazendo jogar as fases no modo reverso. As fases geralmente não são muito longas – talvez apenas alguns poucos minutos – mas ter que repeti-las várias e várias vezes devido a tremenda e injusta dificuldade acaba com toda a diversão do Star Trader.

Existem alguns paralelos entre este jogo e o Sigma Star Saga, da Namco/Wayforward que apesar de ter sido lançado mais de quinze anos depois para o Game Boy Advance, sofre do mesmo defeito básico – um formato inovador para um jogo de nave, infelizmente arruinado pelos segmentos de tiro em si.

Alguma pessoa em algum lugar deve ter percebido isso. Outra empresa, Takeru, portou o jovo para o Sharp X68000 e fez um redesign geral. Todos os elementos de adventure foram removidos, restando só algumas cutscenes, mas as seções de tiro foram muito melhoradas. O X68000 é um computador muito mais poderoso do que o PC-88, pelo menos na capacidade gráfica, logo os gráficos são muito melhores, facilmente no mesmo nível dos shooters 16-bit para consoles (e até alguns dos arcades). Você ainda só tem o canhão vulcan e mísseis, então o jogo lembra muito o Darius. Você só pode levar um tiro, mas agora tem três vidas – mas o jogo não é muito difícil e só tem sete fases, logo não se leva muito tempo para se ver o final deste jogo.

Já que aqui você não pode mais comprar powerups, agora você os obtém através de cápsulas em cada fase, como em quase qualquer outro jogo, O que te garante ataques mais poderosos por um período limitado de tempo. Os nomes e designs da maioria das fases, assim como a música, sobreviveu à transição, mesmo que não sejam exatamente as mesmas. A maioria dos chefes são idênticos, mas obviamente tem gráficos melhores. Apesar da parte mais inovadora do jogo ter sido retirada, a versão para X68000 é com certeza a melhor experiência – mesmo não tendo nada mais de especial, este pelo menos é um jogo bem feito.

A maioria dos jogos da Falcom tem trilhas sonoras excelentes. Star Trader não é exatamente um deles. Existem algumas músicas boas – particularmente a faixa “Go Fight”, que foi lançada em várias versões rearranjadas que podem ser encontradas em vários CDs da Falcom – mas de forma geral não há nada de especial aqui. E apesar da premissa única, Star Trader nunca se livrou do fato de que nunca chegou ao nível dos shooters que o inspiraram – para vocês terem uma idéia, em várias fases os inimigos são cópias descaradas dos vistos em Salamander e Gradius. Ao longo dos anos, a Falcom relançou e refez vários dos seus jogos para os sistemas mais novos, mas nunca tocou de novo no Star Trader. Apesar de ser fácil perceber por que ele tem sido ignorado, se eles tivessem aprimorado os segmentos de adventure da versão para PC-88 e combinasse isso com as fases de shooter da versão para X68000, teríamos um jogo fantástico.

Comparativo de Fotos

Para mais fotos da versão para PC-88, clique AQUI.

Vídeos

Download

Clique AQUI para baixar este jogo (2 disquetes)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s