Especial Mappy, Parte 3: Mappy Land

HG101_logo_SMALLER

Por

Mappy Land (マッピーランド) – NES (1986)

Mappy Land, o primeiro jogo da série Mappy desenvolvido exclusivamente para console, tenta expandir o jogo original drasticamente, com uma variedade maior de fases e mecânicas diferentes. A história foca nas tentativas de Mappy em impressionar sua amada, Mapico.

1378812918985

Apesar do básico de Mappy Land ser similar, houveram mudanças substanciais. Não existem mais portas, e apesar dos trampolins ainda existirem, agora existem também escadas para se subir e descer. O design das fases também não é tão rígido, e algumas plataformas tem becos sem saída.

1378813005976

O objetivo do jogo é obter um certo número de itens em cada fase, o que permite que você parece para a próxima. Com não existem mais portas, você agora deve derrotar seus inimigos usando as armadilhas espalhadas pela fase, que incluem sacos de pancada, tirolesas, canhões e outros.

1378813272347

 

Você também está armado com vários itens que podem ser usados para distrair seus inimigos temporariamente. Brinquedos para gatos são os mais presentes e funcionam nos Meowkies normais, mas são ignorados por Goro. Ele pode ser distraído com uma moeda, já que ele ama dinheiro. Peixes são os mais úteis, já que eles enganam ambos os tipos de inimigos. Existem também jarras que supostamente funcionam como erva de gato, o que cansa todos os Meowkies (mas não Goro). Estes itens estão salpicados ao longo da fase, mas não se recarregam depois de cada fase, logo é melhor estocá-los para as últimas fases. Eles tendem a aparecer depois de se coletar outros itens, te incentivando à vascular um pouco as fases. Uma das fases tem peixes pulando da água, logo você pode ficar parado “pescando” quantos você quiser, desde que o tempo permita. Infelizmente, você não pode escolher o item que quer utilizar – o jogo automaticamente ativa o último item que você coletou – logo você pode acabar gastando alguns deles até encontrar o que você está procurando.

1378813255094

Existem oito fases diferentes, que fazem loop quatro vezes, somando um total de trinta e duas fases. Ao fim de cada loop, há uma breve fase de bônus onde Mappy deve chegar até sua querida Mapico antes que o tempo acabe. Felizmente, você não perde nenhuma vida se você demorar demais, recebendo apenas uma mensagem irritada da Mapico te repreendendo por estar atrasado, e você deve tentar a fase novamente até conseguir fazer direito.

1378813178090

Nos loops subsequentes, os itens que você deve coletar mudam. no primeiro loop, você pega pedaços de queijo, mas nos loops mais para frente você pega todo o tipo de coisa. É um efeito bacana que as aventuras de Mappy basicamente refletem os estágios de um relacionamento, cortejando sua namorada com presentes, coletando anéis para o seu noivado, árvores para a festa de Natal e bolas de beisebol para o seu filho.

1378813362598

Apesar das fases serem essencialmente as mesmas nos loops mais avançados, há algumas alterações menores em algumas delas, além de só tornarem os inimigos mais difíceis. Por exemplo, no terceiro loop da primeira fase, você precisa entrar em um dos vagões do trem para achar itens extras. Outras fases são parecidas, com sub-fases que devem ser exploradas em certos loops, mas não em todos. Isso adiciona alguma variedade, mas ainda é algo meio obtuso. Se você coletar todos os itens e descobrir que a saída simplesmente não abriu, é porque há uma sub-fase em algum lugar que deve ser aberta, mas as entradas nunca estão propriamente sinalizadas, logo você deve ficar tateando até encontrá-las.

1378813457799

A maioria das fases segue o formato padrão de Mappy, mas algumas delas tentam apimentar as coisas adicionando elementos extras de jogos de plataforma. Na terceira fase, a da selva, é curta e consiste em sua maioria de cipós que você pode escalar e trampolins. Infelizmente os controles são muito rígidos, e a nova habilidade de pular de Mappy é quase inútil, logo estas fases acabam sendo a parte mais fraca do jogo.

1378813500972

Os gráficos remontam os primórdios do Famicom, uma época em que os artistas ainda não haviam descoberto como driblar os limites da plataforma e criar sprites atraentes. Os personagens são maiores que no jogo do arcade, mas o jogo como um todo tem um visual “quadrado” e feio, mas isso é meio que compensado por pequenos detalhes dão uma boa dose de personalidade ao jogo. Por exemplo, as animações dos Meowkies pulando em volta dos brinquedos é são simplesmente adoráveis. Além disso, em cada fase, Goro está vestido com uma roupa apropriadamente temática. Ele é um maquinista na primeira fase, ele usa uma saia havaiana na fase da ilha, ele usa um bigode de vilão na fase do Velho Oeste e é um fantasma na fase do cemitério. E derrotar os inimigos da fase nunca deixa de ser engraçado.

1378813925963

Existem vários ótimos detalhes que dão um estilo exclusivo ao jogo, algo que era bastante incomum em 1986, e que mostra o quão dedicada a Namco foi ao criar um elenco interessante, mesmo com a maioria dele sendo de inimigos. Mas nada disso muda o fato de que, apesar de todos estes refinamentos, a jogabilidade real parece insossa.

1378813820517

O jogo original contava com poucas mecânicas que precisavam ser dominadas e exploradas para se atingir as mais altas pontuações, mas não tinha muita variedade entre as fases. Isso funciona bem em jogos arcade, mas não é o suficiente numa era em que os jogos para console estavam se tornando maiores e mais envolventes, ainda mais tendo que competir com jogos como Super Mario Bros. No processo de se expandir Mappy num jogo de formato mais longo, eles tiveram sucesso em adicionar mais variedade, mas perderam muito das ótimas mecânicas que tornavam o jogo original tão viciante. Afinal, à menos que você gerencie muito mal os seus itens, você nunca fica realmente encurralado, e o design das fases é tão aberto que é mais fácil navegar entre os inimigos. Sem esta pressão, algo acaba se perdendo.

1378814159298

De forma geral, Mappy Land é um exemplo interessante de uma empresa de arcades tentando se adaptar à um panorama de jogos em evolução, mas não conseguindo fazer isso da forma certa. O jogo ainda assim é divertido, e acaba sendo mais apropriado para um público mais infantil, já que não é logo de cara tão difícil quanto o primeiro jogo.

Mais Fotos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vídeos

Trilha Sonora:

Em breve: Mappy Kids!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s