Especial Rastan, Parte 2: Rastan Saga II

HG101_logo_SMALLER

Por

rastan2__

Rastan Saga II (ラスタン サーガII) / Nastar Warrior – Arcade, Mega Drive, PC Engine, PlayStation 2, Xbox, Wii (1989)

Rastan é um jogo que se tornou um hit instantâneo. Para capitalizar rapidamente nisso, a Taito desenvolveu e fabricou uma continuação para os arcades em menos de um ano. Rastan Saga II (conhecido como Nastar ou Nastar Warrior nos fliperamas fora do Japão) conta com músicas de melhor qualidade, mais armas e a habilidade de se bloquear golpes altos e baixos. Os personagens também são muito maiores e os gráficos mais coloridos.

rastan2-2

Arcade

Vários novos powerups também foram acrescentados. Ao invés de itens persistentes como no jogo original, Rastan Saga II te dá itens que adicionam um ataque de raios à suas armas, outro que faz com que projéteis rodem ao seu redor, ferindo os inimigos e um item que mata todos os inimigos da tela. Há também itens que aumentam o timer do jogo e que recuperam a sua energia. De todas estas novidades, a mais interessante é a habilidade de se bloquear ataques ao simplesmente ficar parado (ou abaixado, para bloquear ataques baixos). Isso é uma volta à um jogo da Taito do começo dos anos 80 chamado Gladiator, onde se avança no jogo ao se alinhar seu escudo contra os várias obstáculos e ataques inimigos. O jogo até conta com um modo cooperativo, o que geralmente é algo muito bem-vindo em qualquer jogo de ação. Mesmo assim, até essa feature não é capaz de salvar Rastan Saga II.

rastan2-3

Arcade

Apesar de ser mais colorido que seu predecessor e ter mais armas disponíveis, Rastan Saga II sofre de uma colisão de hits que favorece o computador descaradamente. Quanto aos gráficos, as sprites são significantemente maiores do que as encontradas na maioria dos jogos do gênero, mas são muito mal-animadas, com vários inimigos tendo apenas um ou dois frames de animação no total. Para tornar as coisas ainda piores, o design das fases é tão banal e linear que faz com que o Rastan original pareça o Elder Scrolls. As fases do Rastan contavam com uma variedade de movimento vertical e horizontal, várias armadilhas à serem evitadas, e arranjos de plataformas de alta qualidade para se navegar. Rastan Saga II não tem nenhum tipo de scroll vertical, tendo apenas longas e planas faixas de terra , com ocasionais buracos para se pular e algumas colinas para subir.

rastan2-4

Arcade

Além disso tudo se move mais lentamente que no jogo original. Diferente dos inimigos humanóides semi-inteligentes que você enfrentava em cada palácio no Rastan, os inimigos dessa sequência são completamente estúpidos, e seguem exatamente uma forma de movimento/ataque antes de deixar a tela. Na verdade, muitos deles ficam simplesmente parados no lugar e te atacam quando você chega à uma certa distância, nem sequer se virando se você chegar por trás deles.

rastan2-5

Arcade

Mas a maior falha, entretanto, está nas lutas contra os chefes. diferente dos dules velozes e intensos do original, cada chefe é enfrentado em uma sala larga, sem plataformas. Isso, combinado com o fato de que a maioria deles é grande demais para se pular por cima, torna as cosias muito complicadas. Seus padrões também são extremamente tediosos. Tudo isso se amplifica pelo fato de que, apesar de bloquear os ataques realmente evite que você leve dano, isso não tem nenhum efeito no movimento dos inimigos.

rastan2-6

Arcade

Apesar do jogo não ser um desastre total, é uma grande decepção em comparação com o original. Melhorias, como o aumento das sprites, são bem vindas, mas não compensam o fato do jogo ser muito mal-acabado. E pra finalizar, a premissa do jogo é simplesmente idiota. Ficamos sabendo que existem um lugar chamado Rastania, que “costumava ser um lugar sagrado”. Ficamos também sabendo que quem escalar a torre “Skyscraper” (arranha-céu) comandará o mundo. Nosso herói tenta parar o Wicked Group (sim, este é mesmo o nome deles) de fazer isso.

rastan2-7

Arcade

O fim fala de como ele protegerá sua terra de qualquer inimigo. Não há indicação de quem ele está enfrentando em qualquer ponto do jogo, e em um jogo com designs de chefes tão estranhos, isso é uma desapontador. O Rastan original não é exatamente um Shakespeare, mas pelo menos define uma premissa para a carnificina que é ao menos coerente. Finalmente, ficamos sabendo que a guerra de Rastania acabou, e que o único sobrevivente da guerra é conhecido como Rastan. Hein?

rastan2-8

Arcade

Rastan Saga II não atingiu o mesmo nível de popularidade do original, e só foi portado para dos arcades para o Mega Drive da SEGA e para o PC Engine. A versão PC Engine ficou apenas no Japão, enquanto a versão para Mega Drive chegou ao ocidente. Estranhamente, a Taito pareceu ter finalmente descoberto que para capitalizar um nome você precisa de fato usar este nome, logo o jogo para Mega Drive teve como título Rastan Saga II.

rastan2-9

Arcade

Para nossa surpresa, ambas versões em gráficos bem próximos ao do original, levando em conta o poder de seus respectivos sistemas. Mas eles sofrem um grande downgrade na qualidade sonora, e o nível de detalhe dos gráficos de fundo também foram reduzidos para poder se manter o tamanho grande dos sprites. Além disso, cada fase em Rastan Saga II tem duas “metades” distintas, separadas por uma pedra saída do chão com quase a metade da tela de altura, a qual você precisa saltar por cima. Em ambas versões para console, este ponto faz a tela escurecer e reaparecer após carregar a segunda parte da fase. Ambas as versões são para apenas um jogador, também.

rastan2-11

Arcade

Rastan Saga II foi desenvolvido para o Mega Drive pela Opera House. Seu currículo em particular é pequeno, e consiste em sua maioria de ports e remakes, sendo os mais notáveis Kyuuyaku Megami Tensei para o Super Famicom e Devilish para o Game Gear, junto com vários ports de jogos arcades da Data East para o Mega Drive. Em sua maior parte, esta versão de Rastan Saga II é sólida. O som é horrível (e todas as vozes foram removidas), mas mantém o scroll múltiplo do fundo de tela do arcade, assim como a sua velocidade.

rastan2-10

Arcade

A versão para PC Engine foi desenvolvida pela própria Taito. Os gráficos tem cores bem menos brilhantes em comparação com a versão para Mega Drive. Ela também sofre com slowdown sempre que mais que umas poucas sprites aparecem na tela ao mesmo tempo. Dito isso, o layout das fases, velocidade dos inimigos, sua agressividade e posicionamento são exatamente os mesmos do jogo original. Interessante notar que o jogo chega até a parar para “carregar” uma nova arma ao invés de te dar ela instantaneamente, como nas versões para arcade e Mega Drive. Apesar das vozes e de vários efeitos sonoros estarem faltando nesta versão, a música é melhor arranjada no PC Engine, e soa mais próxima das composições originais do que a versão para Mega Drive.

rastan2-1

Arcade

Três últimas alterações são na verdade melhorias ao jogo. Primeira: no arcade, a segurar para baixo e o botão de ataque no meio de um pulo faz com que você ataque para baixo repetidamente. Isso não te dá nenhuma margem de erro para acertar os inimigos abaixo de você, já que você está vulnerável com exceto pela fração de segundo em que sua arma está atacando. Nas versões domésticas, segurar pata baixo e atacar faz com que sua arma permaneça em posição de ataque, tornando esta técnica muito mais segura. Segunda: o combate foi levemente rebalanceado. Seu tempo de invisibilidade é maior que a mera fração de segundo que você tem no arcade. Além disso, alguns dos inimigos mais fortes precisam levar menos golpes para serem destruídos em comparação com a versão arcade. Isso não altera a dificuldade do jogo (já que estes inimigos na maioria das vezes nem sequer se movem), mas melhora o ritmo do jogo. Terceira: o delay de meio segundo e o efeito sonoro que toca sempre que você pula se foram, tornando os saltos mais rápidos e o controle de movimento muito mais suave. A versão para PC Engine também está disponível noVirtual Console do Wii.

Comparativo de Fotos

Cutscenes

Vídeos

Arcade:

Mega Drive:

PC Engine:

À Seguir – Warrior Blade: Rastan Saga Episode III!

Um comentário sobre “Especial Rastan, Parte 2: Rastan Saga II

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s