Animal Land Satsujin Jiken (Enix, 1987)

HG101_logo_SMALLER

Por  1 de 

_al

Animal Land Satsujin Jiken (アニマルランド殺人事件) – 1987 (MSX)

animallandmurdercase

Anúncio

Foi a Enix quem iniciou a febre de jogos japoneses de mistério nos anos 80, com Portopia Satsujin Renzoku Jiken, que foi seguido por duas continuações, e os três jogos foram comandados pelo famoso desenvolvedor Yuji Horii. Mas um jogo menos conhecido é Animal Land Satsujin Jiken (“Animal Land Murder Case”) que segue os mesmos moldes, exceto pelo fato de que todos os personagens são animais antropomórficos. A história te coloca na pele de um inexperiente cão farejador chamado Oidon, enquanto ele investiga o assassinato de Gonkichi, uma raposa que é proprietária de uma joalheria. A história se torna ainda mais sombria quando o caso se cruza com o suicídio de uma panda chamada Linlin.

Animal-Land-Murder-Case-1987Enixjp_0001

O jogo é similar à todos os outros da época, onde você escolhe entre vários comandos para investigar as cenas dos crimes e interrogar suspeitos. Ao invés de contar com um labirinto em primeira pessoa para explorar como na versão para Famicom do Portopia, aqui a visão é aérea e tradicional dos JRPGs, onde você explora uma complicada floresta. Além deste aspecto, o que faz o jogo se destacar é obviamente sua ambientação e arte. Devido às limitações (tanto de cores quanto de resolução) do MSX, ele tem um visual um pouco diferente se comparado com os adventure games que saíram para o PC-88, mas a arte em si é excelente se considerarmos as limitações e tem um estilo atraente e distinto.

20160808210103

Animais humanizados investigando crimes não é algo tão estranho ao público japonês – afinal de contas, havia um desenho anima no começo dos anos 80 cujo título em inglês era Sherlock Hound, e contava com uma versão canina do famoso detetive de Sir Arthur Conan Doyle (ele vale à pena ser conferido, especialmente pelo fato de que alguns dos episódios foram dirigidos por Hayao Miyazaki no início de sua carreira. Mas este conceito não foi usado apenas por uma questão de estilo: o fato de todos os personagens serem animais, como cães, gatos, raposas e pandas faz parte da reviravolta do final do jogo, que não poderia ter sido feita em nenhum outro tipo de jogo de mistério (a pista que dou é de que é algo similar ao  Pinguims de Madagascar da Dreamworks, mas foi feito quase três décadas antes. O título do jogo também dá uma vaga idéia). O jogo nunca recebeu uma versão para outro sistema fora o MSX, o que é uma pena, pois Animal Land Satsujin Jiken merece reconhecimento nem que seja por este único detalhe.

Animal-Land-Murder-Case-1987Enixjp_0000

SPOILER (Final):

Os animais vêem à si próprios como a sociedade humana, mas os humanos os vêem apenas como animais normais. “Animal Land” é na verdade o nome do zoológico onde o jogo se passa. O assassinato se deu por causa da inveja de outro animal, pois a vítima era mais popular e ganhava mais atenção que os outros. No final os animais protestam sobre seu lugar nesta sociedade cruel e exigem voltar aos seus habitats naturais, mas os humanos obviamente não conseguem entendê-los e acham que eles estão apenas cantando. O final pode ser conferido em um dos vídeos abaixo.

Mais Fotos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vídeos

Playlist do Playthrough (6 partes):

Final do Jogo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s