Especial Xevious, Parte 1: Xevious e Super Xevious

HG101_logo_SMALLER

Por

xev

Xevious (ゼビウス) / Super Xevious (スーパーゼビウス) – Arcade (1983/ 1984)

A maioria dos leitores provavelmente já ouviram falar do jogo de arcade chamado Xevious. Já em seu lançamento ele se tornou um sucesso instantâneo, sendo convertido nos anos seguintes para vários sistemas de 8 bits. Como se costuma fazer com todas as suas franquias de sucesso, a Namco mantêm o seu legado vivo com frequentes inclusões dele em coleções e em outros lançamentos. Ele foi projetado e programado por Masanobu “EVEZOO” Endō, formado na Universidade de Chiba em 1959. Ele se juntou à Namco em abril de 1981, tornando-se um dos mais respeitados criadores de jogos do Japão, sendo mais tarde responsável pelo igualmente bem-sucedido Tower of Druaga, outro clássico da Namco. Ele foi um dos primeiros programadores a referir-se à si mesmo orgulhosamente como “designer de jogos”.

Xevious_(Arcade)-title

Na “Era Atari”, os programadores costumavam esconder mensagens secretas nos jogos (o termo “Easter Egg” surgiu em 1981, cerca de dois anos depois de Warren Robinett ter escondido seu nome no clássico do Atari 2600, o Adventure) para obter o devido crédito pelo seu trabalho, que de outra forma seria só da fabricante. Este ainda é um problema com que a indústria tem que lidar até hoje – as pessoas, por exemplo, ainda falam “um jogo da Capcom”, ao invés de “um jogo criado por Yoshiki Okamoto”. Acontece que Xevious também continha um destes easter eggs, que é revelado ao ir para a extrema direita da tela bombardeando logo no começo do jogo: “NAMCO ORIGINAL program by EVEZOO”. Ao se fazer o mesmo truque em Super Xevious aparece “Special thanks for you by game designer EVEZOO” na tela.

endo

Masanobu Endō

Em agosto de 1985 Endō deixou Namco para fundar a sua própria empresa, Game’s Studio. Lá ele continuou desenvolvendo para o Famicom, muitas vezes em colaboração com a Namco, desenvolvendo títulos bem-sucedidos como a série de corrida Family Circuit, ou atualizando a sua franquia clássica Druaga com o jogo The Quest of Ki para o Famicom, com a versão para PC Engine do Tower of Druaga e com The Blue Crystal Rod, desta vez para o Super Famicom. Na Game’s Studio Endō criou o Z Gundam Hot Scramble para a Bandai, e mais recentemente esteve envolvido com os spin-offs Devil Children para Game Boy Color, da série Shin Megami Tensei. Ele também produziu várias versões de Wizardry.

xeviousarcade-message

Mensagem secreta

Xevious conta a história da luta entre a humanidade e o supercomputador GAMP, que controla as forças alienígenas do planeta Xevious. Como o clichê de ficção científica manda, os habitantes de Xevious eram originalmente da Terra, e GAMP (General Artificial Matrix Producer) é um produto de uma antiga civilização que prosperou na terra à centenas de milhares de anos atrás. Durante o seu auge, os “GAMPs” eram clones humanos, que eram usados para trabalhos pesados, até que eles se rebelaram contra os seus criadores. Para poderem sobreviver à Era do Gelo que estava por vir, eles deixaram a Terra e migraram em busca de um novo lar, escolhendo sete planetas que capazes de comportar a vida humana. Logo antes da partida, um grupo de humanos entre eles se rebelou e decidiu permanecer na Terra. Milhares de anos depois da partida dos GAMPs, o bravo piloto Mu e sua companheira andróide Eve decidiram partir para Xevious (que significa literalmente “o quarto planeta”) para fugir do congelamento. Mas eles não são bem recebidos por seus ancestrais: eles são capturados e presos, onde descobrem que os Xevians estão planejando um gigantesco retorno para a Terra.

xeviousarcade-3

Agora, já em nossos dias: por toda a superfície da Terra, próximos às ruínas das civilizações antigas, artefatos gigantes são ativados e emergem do solo: estas são as torres SOL, enterradas no subsolo e inativas por milênios, agora eles respondem às ordens de GAMP: a invasão tem início. Mu, Eve e Mio Veetha, um Xevian que se opõe ao regime de GAMP, liberta a dupla e eles voltam em sua nave Solvalou, prontos para enfrentar o exército de GAMP. Enquanto isso, os arqueólogos Susan Meyer e Akira Sayaka descobrem que as Linhas de Nazca podem esconder uma antiga arma que pode ser usada para contra-atacar as forças de GAMP.

xeviousarcade-8

Xevious é geralmente lembrado pelos vários aspectos que ele introduziu ao gênero dos “shoot-em-ups” e aos vídeogames em geral. Ele foi o primeiro shooter vertical que contava com gráficos de fundo, ao invés de apenas o espaço estrelado. Abaixo da Solvalou, florestas, rios e planícies tomam forma. A ambientação sul-americana, uma paisagem que eventualmente mostra as  famosas Linhas de Nazca no Peru, se tornou um clássico recorrente nos shoot-em-ups. O jogo consiste em dezesseis áreas que são jogadas continuamente, cada uma separada da outra por uma área de floresta espessa. Xevious nunca acaba (talvez esse seja um dos seus poucos aspectos não inovadores) se repetindo após a área 16. Entretanto, já que a maioria dos cenários são reutilizados, você sente um déjà vu muito antes de chegar na área 16. Mas mesmo assim, para um jogador do começo dos anos 80, Xevious oferecia um show e tanto. Estes ambientes na verdade faziam parte da jogabilidade: você podia deduzir o caminho que um inimigo em solo iria seguir olhando para o caminho estreito que ele seguia; destruir silos gigantes e outras estruturas misteriosas; sem mencionar a procura por torres secretas e bandeiras.

xeviousarcade-2

Os vilões em Xevious se dividem em dois grupos: inimigos aéreos e terrestres. A Solvalou está equipada com duas armas, cada uma disparada por um botão diferente: a Zapper para os inimigos aéreos e a Blaster, que bombardeia os alvos em solo com ajuda de uma mira (outro aspecto que criou um sub-gênero próprio, abrindo caminho para jogos como TwinBeeLayer SectionSoukyugurentai). A mira da Blaster sempre está à pouco mais de um terço da tela à frente da sua nave, nunca podendo sair da  tela. Logo a Solvalou nunca pode se mover para a parte superior da tela, o que à princípio parece contra-intuitivo, mas considerando que o padrão dos shooters na época era ter apenas movimento horizontal, as convenções de como isso deveria funcionar ainda não haviam sido estabelecidas.

xeviousarcade-7

O jogo conta com uma impressionante legião de personagens, e existem vinte e seis inimigos, cujos seus comportamentos específicos lhes dão personalidades distintas. Alguns deles parecem ter sido criados intencionalmente para confundir o jogador, seguindo padrões não convencionais, como os espelhos voadores chamados “Bacura” – eles são imunes à todas as armas da Solvalou, logo eles só devem ser evitados. Outros impressionam os jogadores com suas belas animações, como os rodopiantes Jara, ou os Tarken, cujos cockpits giram quando eles estão em retirada. Todos estes inimigos, baseados em formas geométricas, são desenhados em tons de cinza e decorados com luzes vermelhas pulsantes. Eles se parecem mesmo com algo que viria do espaço. Teria sido possível desenhar cada inimigo em uma cor diferente e extravagante (como era comum em muitos shooters após o Galaxian), mas o impacto visual teria sido bem menor.

xeviousarcade-6

Diferente dos jogos ao estilo do Galaxian, todos os veículos aéreos que atacam a Solvalou em formação não tentam se jogar contra ela. Ao invés disso, eles batem saem pelos lados da tela (como os Toroid) ou batem em retirada após atirar (os Tarken). Esta foi uma das idéias de Endō para tornar o jogo mais realista, já que ele pensou que nenhum soldado inimigo agiria desta forma. Os inimigos terrestres são geralmente uma ameaça menor. O tanque Grobda sequer atira contra o jogador. Entretanto, ele se move bem rápido, sendo difícil de se acertar, e o bônus de pontuação que você recebe ao destruí-lo reflete isso.

Alguns dos alvos em solo são instalações imóveis que não podem feri-lo de qualquer forma e estão lá só para serem bombardeadas e te dar pontos. Os Zolbak em particular merecem ser. Também conhecidos como “Domos de Detecção”, eles são instalações que coletam dados para as forças de GAMP. Assim como veríamos mais tarde na série Zanac da Compile, Xevious foi programado para reagir ao comportamento do jogador. Quando ele se torna muito eficiente em matar um certo tipo de inimigo, a IA do jogo envia outros tipos de inimigos. Da mesma forma, quando o seu score aumenta, as ondas de inimigos se intensificam. Entretanto, bombardear um Zolbak próximo reduz a agressividade das forças inimigas por algum tempo, tornando este objeto até então inofensivo em um alvo prioritário para garantir a sua sobrevivência.

xeviousarcade-5

Outro bom exemplo de boa execução em Xevious é o seu sistema de checkpoints: quando se morre após se passar por mais de 70% de uma área, o jogador recomeça do próximo checkpoint, diminuindo o fator frustração.

A enorme fortaleza voadora Andor Genesis é tida como um dos primeiros chefes de fase da história dos vídeogames. Sua chegada é anunciada por um barulho um tanto assustador. Diferente de todos os outros alvos aéreos, a mira da Blaster é necessária para destruí-lo: é possível mirar direto no seu núcleo, ou destruir outros pontos específicos, que é algo arriscado mas te dá muito mais pontos. Ou o jogador pode apenas se esquivar de seus disparos e esperar que ela fuja, o que apesar de ser uma atitude covarde, também funciona. Você confronta a Andor Genesis quatro vezes antes do jogo dar um loop.

xeviousarcade-1

Existem vários segredos escondidos em Xevious. Às vezes a mira fica vermelha, como se você estivesse mirando em um inimigo, mesmo quando não há nada na superfície abaixo. Isso indica a posição de uma torre SOL escondida: bombardear este ponto a revela. Você ganha 2.000 pontos por fazê-la sair do chão e mais 2.000 por destruí-la. Mais preciosas que estas antigas torres e ainda mais raras, são as bandeiras especiais (que usam a mesma sprite usada nas bandeiras de bônus do Rally X, da própria Namco). Elas também estão escondidas, só que a mira não muda de cor quando você passa sobre elas. Logo os jogadores precisam aprender suas posições jogando bastante (elas ficam dispostas randomicamente em uma certa parte do terreno) ou ter muita sorte. Revelá-las te dá 1.000 pontos, e pegá-la te dá uma vida extra ou 10.000 pontos, dependendo da configuração da placa do jogo.

A importância destes pequenos segredos na história dos vídeogames é algo que não pode ser subestimado. Eles geralmente são o elemento que prende a atenção do jogador, estendendo a vida do jogo para além da primeira partida. Não é mera coincidência que um dos shooters verticais mais famosos da história dos fliperamas, Raiden DX, copia muito o Xevious ao adicionar vários itens escondidos que aumentam a sua pontuação.

xeviouscabinet

Gabinete

Xevious foi lançado nos fliperamas em janeiro de 1983. A Atari o distribuiu nos Estados Unidos, e foi o primeiro jogo à ter um comercial de TV (interessante que a Atari o divulgou como: “Xevious, o jogo arcade que você não pode jogar em casa”). Entretanto, seu maior sucesso foi no Japão, onde o jogo se tornou um enorme fenômeno, com toneladas de merchandise, desde cuecas até à modelos de montar da Solvalou. O jogo se repete sem parar, mas o score para em 9.999.990. Muitos jogadores foram capazes de atingir a pontuação máxima, e começaram as competições para descobrir quem conseguia fazer isso mais rápido.

superxeviousarcade-1-1

Note o tanque humano em Super Xevious

Como resultado da sua enorme popularidade, a Namco lançou Super Xevious nos arcades em 1984. Este é basicamente uma versão expert para jogadores veteranos, com padrões de ataques inimigos bem mais complicados e alguns personagens novos, elevando o total para trinta e dois. Estes novos personagens são, em sua grande maioria, veículos humanos como aviões e helicópteros que precisam ser “resgatados”, te dando pontos, ao invés de abatidos – destruí-los reseta a sua pontuação para zero! Alguns aliens do Galaxian foram incluídos, também.

Vídeos

Xevious:

Super Xevious:

À seguir: Xevious para consoles e computadores!

10 comentários sobre “Especial Xevious, Parte 1: Xevious e Super Xevious

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s