Especial International Karate, Parte 4: IK+

IK+ / Chop N’ Drop / International Karate+ – Commodore 64, ZX Spectrum, Amstrad CPC, Atari ST, Amiga, Amiga CD32, PlayStation, Game Boy Advance, Wii (1987)

Internatioal Karate logo recebeu uma versão de upgrade, com IK+. Agora três combatentes podem competir em cada luta, mas só dois podem ser controlados por jogadores humanos. Há alguns novos movimentos “bacanas”, como um mortal para trás, uma cabeçada e um chute/espacato que ataca nas duas direções simultaneamente.

IK+ (C64)

Os sistema de pontuação também mudou um pouco, com a luta continuando mesmo com um dos personagens sendo derrubado, dando um ou dos pontos ao oponente que deu o golpe. Aquele que alcançar seis pontos primeiro (ou tiver mais pontos quando o tempo acabar) vence. O segundo colocado continua no combate, mas o jogador que ficar em último é removido do jogo.

Chop N’ Drop (C64)

A única fase de bônus presente agora dá ao jogador que venceu a luta um escudo, com o qual ele deve se mover entre seis posições diferentes (cima/meio/baixo de cada lado da tela) para rebater bolas que vem quicando de fora da tela. Isso é muito mais original e bem mais divertido que as fases de bônus oferecidas no jogo anterior.

IK+ (T-89)

Mas nem tudo ficou melhor: inexplicavelmente, IK+ conta apenas com um único cenário, não havendo muito de “internacional” aqui (o que talvez seja a razão desta versão ter apenas o acrônimo como nome). Pelo menos este cenário é bem bonito. Há também uma animação escondida das calças do lutador caindo ao se apertar simultaneamente S e E no teclado. A música novamente foi composta por Rob Hubbard, mas soa bem mais dinâmica que a do jogo anterior. Ela conta com samples tirados do filme Operação Dragão, do Bruce Lee.

IK+ (PlayStation)

Como praticamente todos os jogos de luta lançados para este computador, a versão para o ZX Spectrum não é muito boa. Mas desta vez a versão para Amstrad CPC é bem parecida com as demais, diferente do que acontece com a maioria dos jogos de luta lançados para esta plataforma. Como sempre, a versão para Commodore 64 é a melhor em 8 bits e foi renomeada para Chop n’ Drop ao ser lançada nos Estados Unidos. As versões para Amiga e Atari ST são idênticas e apenas marginalmente mais bonitas que a versão para o C64, com a mesma jogabilidade. Esta versão foi usada mais tarde como base para as versões para PlayStation e Game Boy Advance.

Muitos anos depois do fim ciclo comercial do C64, foi criado um adaptador para quatro joysticks ligados ao computador, seguido por uma versão hackeada do jogo, chamada de IK+ Gold, que finalmente permite que um terceiro jogador controle o karateka azul.

Comparativo de fotos

Vídeos

C64
Atari ST
ZX Spectrum
Amstrad CPC
Amiga CD32
PlayStation
GBA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s