Maze Hunter 3D (Mês do Master System)

 

mes_master_system

HG101_logo_SMALLER

Por em 13 de setembro de

mh3d

Maze Hunter 3D / Maze Walker (メイズウォーカー) – Master System (1987)

Maze Hunter 3D é um dos sete títulos para Master System compatíveis com os Óculos 3D. O acessório não foi exatamente um sucesso, parcialmente por causa do seu preço elevado (cerca de 50 dólares na época), mas também devido à baixa qualidade dos jogos que faziam uso dele. Maze Hunter 3D por sua vez não fez muito para mudar esta reputação.

MazeHunter3D_title

A história do jogo conta que existe um lendário e misterioso labirinto, flutuando em algum lugar no espaço sideral. Você, um intrépido explorador, acabou ficam preso dentro dele. O herói não tem nome na versão em inglês, mas se chama Lee na versão japonesa.

40

O objetivo em cada fase não é apenas encontrar a saída, mas também a chave para abri-la. Por si só, isso não é muito difícil – as fases em Maze Hunter 3D são labirintos apenas num sentido bem elástico da palavra. Existem várias curvas e zigues zagues, mas existem na prática apenas uns poucos caminhos e os mapas não são muito grandes, logo é difícil você realmente se perder. Na verdade, a maioria deles pode ser reduzida à uma simples escolha binária – pegue o caminho errado e você chegará na saída, exigindo que você volte, pegue o outro caminho, pegue a chave e volte para a saída. Os labirintos são geralmente divididos em três andares, para fazer uso do efeito 3D. Teleporte-se para um andar mais baixo, e você e seus inimigos vão parecer estarem mais ao fundo da tela.

19

Por padrão, você não tem nenhuma arma. Você simplesmente segue em frente, tentando não ser morto pelos vários monstros que vagam pelo labirinto. Eventualmente você encontra alguns powerups importantes, incluindo a sua arma principal, um cano vermelho, assim como sapatos para saltar e roupas que ou o fazem andar mais rápido, ou permitem que você leve um único golpe impunemente. Uma vez por fase um balão passa voando, que você pode tentar estourar, uma vez que você tenha tanto o cano quanto os sapatos de salto. Isso te dá algum tipo de powerup temporário, o que inclui alguns tipos de armas de longo alcance, além de um item que pode destruir tudo que que estiver na tela. Eles são úteis, mas seu uso é limitado e especialmente pelo fato de que as armas parecem ter um pequeno lag sempre que você atira, tornando difícil de se acertar qualquer coisa durante o pouco tempo em que você pode usá-las.

31

Maze Hunter 3D é um desses jogos que não parece que vai ser muito difícil, mas na verdade é. Isso se dá principalmente pelo movimento errático dos inimigos. Muitos deles tem um comportamento próprio, que você pode prever para desviar deles ou matá-los, mas outros se movem de forma completamente aleatória. Somando isso ao curto alcance e quão não prática é a sua arma (você só pode atacar em quatro direções), todo combate com até mesmo os inimigos mais simples pode ser bastante arriscado. Isso é ainda pior se você estiver desarmado, já que você pular ou tentar desviar deles.

51

O posicionamento dos inimigos também é aleatório. Eles pelo menos te fazem a gentileza de piscar por cerca de um segundo antes de ficarem ativos e é sempre tentador tentar acertá-los antes que eles tenham change de agir, mas é fácil de errar de golpe e acabar atacando o nada, sendo então atacado de volta. Sem contar que você perde quaisquer armas, sapatos e roupas quando você morre, então você volta à estaca zero por uma causa de uma mísera falha.

46

De forma geral, não acontece muita coisa em Maze Hunter 3D. Não existem chefes de fase, com os inimigos apenas ficando um pouco mais difíceis e o jogo segue em frete. Se pensarmos estritamente em termos de jogabilidade, o conceito é chato, onde você anda muito e tem uma execução frustrante. Mesmo assim, é um jogo que vale à pena ser lembrando por alguns motivos.

35

Para começar, o design gráfico é simplesmente doido. A primeira área, com seus corredores robóticos azuis (a Metal zone) é bem sem graça, mas as fases mais adiante, especialmente o vermelho brilhante da Volcano zone, ou as paisagens verdejantes  da Jungle zone, são grandes exemplos da variada paleta de cores do Master System. O design dos inimigos também é incrivelmente bizarra, com objetos estranhos como bolas cobertas de pintinhas e ostras malignas, que seriam coisas fofas em um jogo da série Fantasy Zone, aqui receberam um visual mais caótico e parecem bem intimidadores. Além disso, vale comparar a arte das capas japonesa e a do resto do mundo. A versão ocidental tem o que parece ser um jogador de tênis com mullets enfrentando uma arrai gigante; a mesma cena na versão japonesa é apresentada com um moleque ao estilo anime pulando em direção à uma folha amarelada com olhos.

39

Os efeitos 3D também são surpreendentes. A maioria dos demais jogos de Master System em 3D tinham visão em primeira pessoa ou “over-the-shoulder”. Sendo um jogo de visão aérea, Maze Hunter 3D não impressiona num primeiro momento, já que ele não joga nada na direção da tela (exceto quando ele pula). Os efeitos em 3D adicionam muita profundidade em cada superfície do labirinto, o que teria sido fantástico se tivesse sido usado em jogos mais interessantes.

mazehunter3d3

Muitas fases tem a saída no andar mais baixo da fase, onde o herói parece quase um pontinho na tela. Aqui, a saída fica geralmente suspensa no espaço, sem paredes e com pouquíssima margem para erro. É muito fácil cair pela borda e ver seu personagem simplesmente despencar em direção ao vazio, enquanto a música vai diminuindo, antes da fase recomeçar. De forma parecida, quando um inimigo te mata, você vira uma auréola com asas e voa em direção à tela. Isso é a melhor parte do jogo – e é algo bizarro e um tanto assustador.

49

Pelo menos no seu lançamento inicial, este era um dos poucos títulos onde o 3D não podia ser desligado. E faz sentido –  o joga mal vale à pena se jogar se não forem por estes efeitos (mas o 3D pode ser desabilitado usando-se códigos com um Game Genie ou algo similar, ou através de um emulador).

57

Maze Hunter 3D recebeu uma versão para 3DS no SEGA 3D Classics Collection, versão física (no segundo volume lançado no Japão, mas está também no único volume lançado nos EUA e Europa). Esta versão contém um modo 2D, assim como algumas opções para tornar o jogo mais fácil, como a possibilidade de se usar save states, assim como um código para 30 vidas. O efeito 3D aqui é ainda mais impressionante, especialmente pelo fato de que você não precisa usar nenhum tipo de óculos 3D.

Vídeos

Playlist com a trilha sonora (PSG):

Playlist com a trilha sonora (FM):

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s